domingo, 27 de junho de 2010

Seu Filho Não Morreu.

Cheguei em casa e de um grito só disse a ela, que me olhava com aquele olhar que só uma mãe sabe fazer:
-Oi mamãe!!! aqui estou eu.
Depois de resfolegar um pouco. continuei:
-O seu filho 'ainda' não morreu.
ela já se unia, as lagrimas dele. depois de um longo silencio em meio de lagrimas ele disse a ultima frase e eles se calaram no meio de um abraço.
-Dizem até que nasci outra vez . . .

Inspirado na Musica "Cidade Grande" do Ave Sangria.

4 comentários:

  1. Fortaleza...
    Isso acontece no renascimento.
    Como a Fênix!
    Como NÓs!

    ResponderExcluir
  2. Algo novo né?
    Renascendo? Progrendindo e crescendo dentro dessa sua caixa de nervos, músculos e sentimentos.
    Deixa ele crescer e tomar vida própria (ou imprópria) + deixa ele crescer!!!!

    ResponderExcluir